Reader Comments

П”´ É Isso Que Acontece Com O Seu Corpo Quando Para De Tomar Pílula Anticoncepcional!

by lucas silva costa (2018-04-12)


As pílulas anticoncepcionais são receitadas por médicos e muitas vezes são recomendadas até mesmo indicadas por balconistas de farmácia. A maioria das mulheres acredita que tomar pílulas de forma contínua, evitando assim a menstruação, pode bagunçar” organismo e trazer problemas quando desejo de ser mãe aparecer. "Se uma mulher acredita que sua contracepção pode estar afetando negativamente seu humor, ela deve xtrabig force discutir isso com um profissional de saúde em sua próxima consulta", completa. "A nova pílula pode ser apropriada para mulheres de qualquer idade, incluindo as jovens que procuram contracepção hormonal oral e que, potencialmente, terão longo período de exposição a métodos hormonais", comenta diretor científico da Associação de Ginecologia e Obstetrícia de São Paulo (SOGESP), Dr. César Eduardo Fernandes. Nas mulheres que estão entrando na menopausa, recomenda-se uso de ACOs por 12 meses após a última menstruação. A pílula melhora humor por que age diretamente nas dores e nos sintomas que acompanham a menstruação". Muitas vezes, quando as outras pílulas são contraindicadas, a opção de progesterona ainda é indicada”, explica ginecologista Edilson Ogeda, coordenador do núcleo de ginecologia do Hospital Samaritano. No estrogênio, um dos hormônios femininos, temos um componente que é fundamental no processo hipertrófico para mulheres: estradiol (17BETA-ESTRADIOL). A pílula de progesterona também não deixa a paciente ovular, e a quantidade de estrogênio que fica circulando no corpo é muito pequena”. Lembre-se sempre de usar a pílula anticoncepcional como método contraceptivo é muito importante consultar médico, pois existem diversos tipos de pílulas e somente um profissional poderá lhe indicar melhor método contraceptivo para você, de preferência que tenha menos efeitos colaterais para organismo de cada paciente. Para isso, eles avaliaram uso de contraceptivos e os diagnósticos de depressão em mais de 1 milhão de mulheres com idades entre 15 e 34 anos, que participaram de um levantamento nacional. Mas decidi contrariar minha médica e minha terapeuta e parei de tomar a pílula de progesterona. Outros estudos mostram que algumas mulheres relatam um maior impulso sexual com a pílula ou nenhuma mudança. Não é para menos: casos de trombose e outros efeitos colaterais desses medicamentos assustaram as usuárias e chamaram a atenção de médicos e pesquisadores do mundo todo para investigar mais a fundo os riscos desses remédios. Apenas cerca de 15% das mulheres notaram uma redução na libido enquanto tomavam pílula, de acordo com uma resenha de 2013 no European Journal of Contraception and Reproductive Health Care, que examinou 36 estudos entre 1978 e 2011. São sintomas normais dos primeiros meses de uso, mas esses efeitos colaterais tendem a desaparecer após alguns meses. Dito isso, estes não são os efeitos que TODAS podem esperar dessas pílulas. A pílula é um dos medicamentos mais estudados e prescritos em todo mundo, como qualquer outro medicamento, é claro que existem alguns riscos para a saúde, mas os efeitos colaterais são muito raros. Esses sintomas podem ser sinal de uma trombose venosa profunda e sabe-se que existe uma correlação entre uso de contraceptivo hormonal combinado e risco aumentado de coágulos principalmente no primeiro ano de uso. Como a contracepção hormonal costuma ser dominada pela progesterona, não espanta que humor das mulheres mude no sentido da depressão”, comentou. Nos tumores malignos do endométrio (camada mais interna do útero) e do ovário, a pílula exerce um efeito protetor - as usuárias de ACOs apresentam metade do risco de câncer de endométrio e ovário das não-usuárias. "Os hormônios contidos nas pílulas devem ser dosados e indicados pelo ginecologista para não sobrecarregar organismo. A margem de segurança da pílula anticoncepcional é de 99%, que torna método anticoncepcional mais seguro de todos, no entanto a sua eficácia está relacionado ao modo pelo qual a mulher a utiliza, ou seja, ela não pode ser deixada de tomar nenhum dia. ginecologista deve ser consultado sempre que houver problemas em relação ao uso dos anticoncepcionais, como no caso do ganho de peso. No entanto, a maioria das marcas utilizadas atualmente apresenta baixa dosagem hormonal, que significa que os casos de mulheres que ganham peso por este motivo são poucos. Mesmo se a paciente tiver feito laqueadura e não precisar de métodos anticoncepcionais, a pílula vai tratar mioma”.



ISSN: 1946-1879